Atualidades

Autores exclusivos, escrevendo sobre os mais variados assuntos do mundo do entretenimento

CHRISTIAN CRAVO FAZ VISITA GUIADA NA EXPOSIÇÃO MARIANA

publicado Quinta, 13 de Setembro de 2018, 08:09 h

Quem ainda não visitou a Exposição ‘Mariana’, na CAIXA Cultural Salvador, não pode perder a oportunidade de participar da visita guiada com o fotógrafo baiano Christian Cravo, autor das fotos que compõe a mostra, hoje, dia 13 de setembro (quinta-feira), às 15h. A exposição inédita é baseada no livro de mesmo nome e reúne 28 fotografias impressas em fine art que retratam as memórias humanas da maior tragédia ambiental do país: o rompimento da barragem de Fundão, que vitimou fatalmente 19 pessoas e desabrigou centenas de famílias em Mariana - Minas Gerais, em 2015. Mariana está em cartaz desde do dia 15 de agosto, e fica até o dia 21 de outubro, de terças-feiras a domingos, das 9h às 18h, na CAIXA Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro), com visitação gratuita.

Exposição Mariana por Christian Cravo (Foto:  Tati Freitas)

Durante a visita, Cravo vai contar como foram os três dias em que passou registrando os vestígios das vidas varridas nos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo. O fotógrafo esteve no município um mês depois da tragédia e fotografou objetos, roupas e calçados enlameados, retratos cobertos pelo barro e casas destroçadas. As fotos documentam a dor do desastre, ao mesmo tempo em que relevam a beleza em meio à tragédia.

“Tento trazer a esse trabalho uma memória iconográfica que o tempo congelou. São objetos que pararam naquele instante em que a lama chegou. O momento eterno que representa o fim daquela sociedade”, resume Cravo. Com realização da Via Press Comunicação, a exposição é inteiramente acessível para pessoas com deficiência visual, com textos e legendas em braile, além de disponibilização de audiodescrição das fotos.

Exposição Mariana (Foto:  Tati Freitas)

Incentivo à cultura - A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências. A CAIXA Cultural Salvador foi inaugurada em 1999, no prédio datado do século XVII, que já abrigou a antiga Casa de Orações dos Jesuítas e onde, ao longo da história, já trabalharam personalidades como Glauber Rocha, Caetano Veloso e Lina Bo Bardi. Após ser tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e restaurada pela CAIXA, a Casa hoje oferece ao público duas galerias de arte, um anfiteatro, um salão para espetáculos, uma sala para eventos e uma sala de oficinas, constituindo importante espaço de difusão cultural localizado no centro de Salvador (BA).

Exposição Marianapor Christian Cravo (Foto:  Tati Freitas)