Atualidades

Autores exclusivos, escrevendo sobre os mais variados assuntos do mundo do entretenimento

Festival leva música para o Gueto e as ruas do Candeal

publicado Quarta, 25 de Janeiro de 2017, 06:04 h

O instrumento que toca músicas consagradas e cria novos ritmos é a mesma ferramenta que transforma e estimula o desenvolvimento cultural do Candeal. E para mostrar que este é um dos bairros mais musicais da cidade, as suas ruas e o grande templo Guetho Square serão cenários do Candyall e Tal - 2º Festival de Arte Urbana, que acontece de 27 a 29 de janeiro, a partir das 16 horas, no Candeal Pequeno de Brotas.

Carlinhos Brown (Foto: Divulgação)

No Guetho Square serão realizadas Jam Sessions com grandes nomes da música, como Lenine, Brown, Luiz caldas, Betho Wilson, Mestrinho e Nicolas Krassik. É o espaço representativo de todas as misturas presentes no Festival, dos ritmos criados e desenvolvidos no Candeal e sua fusão com gêneros universais da música, formando um interessante repertório com a obra de grandes compositores mundialmente reconhecidos.

Lenine  (Foto: Divulgação)

 

Já nas ruas do Candeal, temos um arrastão com a Grovelândia e as performances itinerantes dos Palhaços do Rio Vermelho e SSA – Som Soteropolitano Ambulante. Nos setes palcos, distribuídos em pontos estratégicos do bairro, se apresentam Scanibais, Grovelândia, Samba de Roda – Nicinha de Santo Amaro, Percussivo Pracatum – Ponto de Cultura, Mukindala, Bitgaboot, Triatuan, Zap Eletrônico, Tito Bahiense e Bando Ijexá.

Bitgaboot   (Foto: Divulgação)

O festival também promove um intercâmbio das criações do bairro com outras culturas, através da Feira de Artesanato e o espaço gastronômico, reunindo a produção local e de outras regiões.

Mukindala (Foto: Divulgação)

Patrocinado pela Vivo, através do Faz Cultura, o Candyall e Tal é idealizado e promovido pela Associação Pracatum Ação Social – APAS, com concepção e direção artística da diretora executiva da Pracatum, Selma Calabrich, e do produtor, guitarrista e diretor da Pracatum, Gerson Sillva.

Nicolas Krassik e Mestrinho (Foto: Divulgação)