Bahia By

A Bahia com estilo, expressada por diversas personalidades, através de entrevistas divertidas e interessantes

Paulo Costa Lima terá obra na comemoração dos 250 anos de Beethoven

Original

Carnegie Hall em Nova York

em 06/02/2019

O compositor baiano de música contemporânea Paulo Costa Lima terá uma de suas obras, “ Cabinda – nós somos pretos”, integrada ao evento que vai marcar os 250 anos de Beethoven, que acontecerá em dezembro no Carnegie Hall, de Nova York. Isso porque a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo/Osesp, que participará da comemoração, imaginou no seu repertório uma reflexão sobre o espirito iluminista que guiou Beethoven e sobre a escravidão no Brasil do século XIX.

A orquestra revisitará a Nona Sinfonia de Beethoven emoldurada por um cântico da autêntica Capoeira da Bahia em diálogo com a obra de Paulo Lima. Com isso, como explica o diretor artístico da Osesp, Arthur Nestrovski, a orquestra estará trazendo à tona o importante tema da escravidão, uma “chaga que está na raiz da sociedade brasileira”.

No evento do Canegie Hall nove orquestras de cinco continentes vão apresentar a Sinfonia n.º 9 de, Ludwig van Beethoven, todas sob regência de Marin Alsop, diretora musical e regente titular da Osesp. O projeto foi batizado de All Together – A Global Ode to Joy (Todos Juntos – Uma Ode à Alegria Global).