Ping Pong

A Bahia com estilo, expressada por diversas personalidades, através de entrevistas divertidas e interessantes

Turnê 'Vida é Arte'

Original

Jorge Vercillo

em 30/08/2016

A Concha Acústica do Teatro Castro Alves é o palco para a estreia da turnê 'Vida é Arte', de Jorge Vercillo, em Salvador. A apresentação marca o décimo álbum de estúdio do músico, lançado este ano. O show Será no dia 03 de setembro (sábado), às 19h e conta com a realização da Íris Produções.

Vercillo apresenta faixas do novo álbum como 'Pra Valer', ‘Talismã Sem Par’ e ‘Quem’. O espetáculo é acompanhando ainda de outras músicas da carreira de Vercillo, sucessos como 'Fênix, ‘Ela Une Todas as Coisas’ e ‘Líder dos Templários' não ficam de fora do repertório.

“Eu diria que estou no auge da minha condição física e profissional. O repertório reflete muito a diversidade do meu trabalho, músicas de estilos e linguagens diferentes, passeando por várias vertentes musicais como reggae, samba funk, soul, R&B”, celebra Vercillo.

“Vida é arte” reúne 13 composições, seis inéditas, entre elas, Pra valer (Jorge Vercillo), canção pop que revela uma das muitas facetas do compositor, as seis composições divulgadas na web por Vercillo, ao longo de 2015, dentro do projeto intitulado “Extra-físico”, e a regravação de Pode Ser, composição de Vercillo que se consagrou na voz de Pedro Mariano.

A escolha do nome “Vida é Arte” não foi por acaso. Trata-se do título da canção que o próprio Vercillo elege como uma de suas melhores músicas feitas até hoje. O álbum ainda conta com boas participações mais do que especiais. O seu filho mais velho, Vinícius Vercillo, estreando em sua primeira gravação para disco, tocando guitarra solo na densa "Cegueira da Visão", em parceria com o autor e produtor norte americano Patrick Leonard.

O artista analisa sua trajetória: “Parte da imprensa me chama de híbrido, digo, não sobreviveria e nem mesmo apareceria no mercado musical, se não fosse um híbrido. Me arrisco à pretensão de ser pop e denso ao mesmo tempo.”

Jorge Vercillo sobe ao palco acompanhado de experientes músicos, como André Neiva (contrabaixos e vocal), que também assina a direção musical do show; Misael da Hora (teclados e vocal); Claudio Infante (bateria) e Bernardo Bosisio (violão, guitarra e vocal).