Clicks

Confira aqui os eventos mais badalados do mundo do entretenimento pelas lentes de nossos fotógrafos

Dia Nacional da Baiana de Acarajé

publicado Sexta, 24 de Novembro de 2017, 16:55 h

Amanhã é o Dia Nacional da Baiana de Acarajé – 25 de novembro, como já é tradição, às 10h será realizada uma missa especial na Igreja de Nossa Senhora Rosário dos Pretos em homenagem à data. Após a missa, às 11h30, as baianas e demais participantes da missa seguirão em cortejo pelas ruas do Pelourinho com destino ao Memorial das Baianas, localizado no Monumento da Cruz Caída. O evento tem apoio da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA) através do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) e participação da Fundação Pedro Calmon. 

Na ocasião, a Biblioteca Virtual Consuelo Pondé – vinculada à Fundação Pedro Calmon/SecultBA - fará a entrega do website “A Bahia tem Dendê” à Associação Nacional das Baianas de Acarajé, Mingau, Receptivos e Similares (ABAM). No evento que acontecerá no Pelourinho haverá, também, entrega de uma reportagem especial e pré-lançamento do minidocumentário sobre o ofício das baianas.

A reportagem especial Tabuleiro de Histórias ficará disponível nos sites da Biblioteca Virtual e da A Bahia tem Dendê. O material contém uma série de depoimentos da história de vida, dilemas, felicidades e desafios das Baianas de Acarajé de Salvador.

Além disso, ocorrerá o ato de entrega do projeto de lei que solicita o tombamento do ofício das baianas a nível municipal. O projeto é proposto pelo vereador Silvio Humberto e em breve entrará em votação na Câmara Municipal. Considerada símbolo histórico do estado da Bahia e do País, a Baiana de Acarajé já foi reconhecida como patrimônio cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2005. Na Bahia, o Ofício da Baiana de Acarajé foi registrado pelo IPAC como patrimônio imaterial no Decreto Estadual nº 14.191/2012.

A Bahia tem Dendê – Em 2014 a Biblioteca Virtual Consuelo Pondé participou da 2ª Convocatória de Ayudas del Programa Iberoameticano de Bibliotecas Públicas – Iberbibliotecas e foi contemplada com recursos para desenvolver o projeto A Bahia tem dendê! – Acarajé, patrimônio nacional do Brasil.

Nesta primeira etapa do projeto, a Biblioteca desenvolveu o website com objetivo de compilar e difundir material sobre o ofício das baianas de acarajé com espaço para publicações de artigos, notícias, iconografia e cancioneiro. O projeto ainda incluiu realização de rodas de conversas sobre o tabuleiro da baiana e a cultura regional, e a criação e produção de um e-book com artigos produzidos por especialistas no assunto.

Documentário – Como última parte do projeto, foi desenvolvido um documentário a partir de relatos de memórias das baianas que há décadas se dedicam ao ofício. Além de depoimentos das baianas, foram entrevistados pesquisadores e pessoas ligadas ao campo da cultura negra como os Professores Vilson Caetano, Lindinalva Barbosa e Cecília Soares, e o diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, Zulu Araújo. O minidocumentário terá pré-lançamento durante o evento e ficará alocado no sítio da Biblioteca Virtual e d’A Bahia tem Dendê.

Original